Archive

Posts Tagged ‘Novo Testamento’

Estabelecendo a Confiabilidade dos Evangelhos

janeiro 3, 2011 Deixe um comentário

Tradução: Eliel Vieira

Tenho percebido que em muitos dos seus debates e artigos você deposita muita fé nas narrativas dos evangelhos. Eu me considero um cristão, mas tenho uma grande dúvida. Como nós realmente podemos saber se as narrativas dos evangelhos são confiáveis? Certamente elas são históricas, mas elas contém a verdade ou não? Eu poderia escrever uma carta sobre como o Pé Grande ou o Papai Noel vieram em minha casa e assistiram TV comigo, e pode acontecer então de, milhares de anos depois, as pessoas se impressionarem com meus documentos e considerá-los verdadeiros. Os descobridores dos documentos do antigo Joe então dirão, “Bem, nós consideramos estes documentos confiáveis pois existem cerca de 26 mil cópias completas e fragmentos destes documentos que foram encontrados na Europa, Ásia e África. Além disto, existem apenas 680 cópias da Odisséia de Homero, o que torna as narrativas de Joe completamente confiáveis.” Leia mais…

Redescobrindo o Jesus Histórico: As Evidências a Favor de Jesus

janeiro 1, 2011 6 comentários

Tradução: Djair Dias Filho

Cinco razões são apresentados para se pensar que críticos que aceitam a credibilidade histórica dos relatos sobre Jesus, no Evangelho, não possuem um especial ônus da prova relativo aos críticos mais céticos. Em seguida, a historicidade de alguns aspectos específicos da vida de Jesus é abordada, incluindo Seu próprio conceito radical de ser o divino Filho de Deus, Seu papel como realizador de milagres e Sua ressurreição dentre os mortos.

No último texto, vimos que os documentos do Novo Testamento são as fontes históricas mais importantes para Jesus de Nazaré. Os chamados evangelhos apócrifos são falsificações que surgiram muito depois e são, na maior parte, elaborações a partir dos Quatro Evangelhos do Novo Testamento. Leia mais…

Redescobrindo o Jesus Histórico: Pressuposições e Pretensões do Jesus Seminar

dezembro 30, 2010 3 comentários

Tradução: Djair Dias Filho

Nesta primeira parte de um artigo em duas partes, as pressuposições e pretensões do Jesus Seminar [Seminário Jesus]† são expostas e avaliadas. Nota-se que as principais pressuposições (i) do naturalismo científico, (ii) da primazia dos evangelhos apócrifos e (iii) da necessidade de um Jesus politicamente correto são injustificadas e resultam em um retrato distorcido do Jesus histórico. Embora o Jesus Seminar faça pretensão de falar em nome da erudição na busca pelo Jesus histórico, mostra-se que, de fato, é um pequeno grupo de críticos em busca de cumprir uma pauta cultural. Leia mais…